Procurando mais frio no inverno? Conheça Bariloche!

quarta-feira, julho 05, 2017

Bariloche é uma cidade incrível localizada na Patagônia, Argentina, bem pertinho da fronteira com o Chile, na lindíssima região dos Lagos Andinos. O que confere ao local toda essa beleza é o encontro inusitado de montanhas com picos nevados e os lagos de diferentes cores existentes ali.


Foto: ShutterStock

E por que você vai amar passar férias em Bariloche? Porque é muito parecida com um típico vilarejo alpino, com seus hotéis e prédios de arquitetura suíça, situados à beira do lago e ao pé das montanhas nevadas com muito fondue e chocolate para aquecer o coração e o estômago.


Veja a seguir algumas dicas elaboradas pela Toca de aluguel em parceria com a Trip Tri Destinos para você curtir muito essa cidade encantadora nas suas férias:

Quando ir?

A temporada oficial de inverno, a mais procurada pelos turistas para conhecer as estações de esqui, vai da última semana de junho ao final de setembro. Acredite se quiser, mas, quando chega o verão, a cidade volta a ser dominada pelos argentinos fazendo trekking e outras atividades ao ar livre. Quanto mais no final de julho você realizar sua viagem, maiores as chances de encontrar neve caindo com frequência.


Foto: ShutterStock

Onde ficar?

A estrutura hoteleira da cidade é muito diversificada, tem de tudo: hotéis de luxo, mais básicos, cabanas, albergues e campings. No auge da estação de inverno, os quartos esgotam rapidinho, então é bom fazer suas reservas com antecedência para não ficar sem ter onde dormir.

A região do centro é onde ficam todos os restaurantes e lojinhas bacanas para comprar souvenires antes de voltar para casa. Essa é uma região onde os hotéis são mais antigos, sendo preciso cuidado extra na hora de reservar para não acabar em um lugar que deixa a desejar.


Foto: ShutterStock

A avenida Bustillo é onde estão concentrados os melhores e mais novos hotéis. O ruim dessa área é que você vai precisar pegar um táxi para o centro sempre que quiser sair para jantar ou visitar qualquer atração. As corridas são relativamente baratas, portanto, dependendo dos seus objetivos de viagem, vale a pena investir num hotel melhor.


Roupas próprias para a neve:


Se você é novato nos esportes de inverno, vai precisar se equipar com roupas apropriadas para esquiar e circular pelas estações sem morrer de frio. Vale a pena circular pelas calles Mitre e San Martín, onde ficam as lojas de aluguel de roupas. Os preços variam bastante, então é bom comparar as ofertas. O aluguel pode ser diário ou semanal e as luvas devem ser compradas por uma questão de higiene e saúde.

O que fazer em Bariloche?

Comece pelo Circuito Chico que leva você aos mirantes do Cerro Otto e Cerro Campanário e Capela de Santo Eduardo. Esse passeio vai levar uma manhã inteira ou uma tarde. Nossa sugestão é reservar a primeira manhã na cidade para alugar as roupas com calma e fazer o Circuito Chico à tarde.

Em seguida se programe para conhecer o Cerro Catedral, passeio que leva um dia inteiro e onde está a maior estação de esqui de Bariloche. A subida pelos teleféricos é emocionante! Se você não quer se arriscar esquiando, existem outras atividades igualmente divertidas e, se você for com crianças, aproveite o Cerro Mágico, uma área reservada para as famílias com atividades que não envolvem os esquis.


Foto: ShutterStock

Se tiver tempo, faça pelo menos um passeio de barco pelos lagos de Bariloche. Você pode optar por cruzar o lago Nahuel Huapi com paradas no Bosque de Arrayanes e na Ilha Victória ou o circuito que leva ao Lago Blest e Cascata dos Cântaros. Em ambos os casos, o visual é deslumbrante.

Agora é só fazer as malas e se preparar para essa viagem incrível, depois conte pra gente como foram suas férias em Bariloche!

Antes de viajar programe também a estadia do seu pet com um cuidador da Toca de Aluguel.

Saiba mais sobre esse destino da Trip Tri

  • Compartilhar:

1 comentários